• BH Peças Toyota

Toyota C-HR, o SUV cada vez mais híbrido e mais dinâmico.


O segundo modelo mais vendido da Toyota, logo a seguir ao menor e barato Yaris, refrescou argumentos. Está mais atraente, só oferece versões híbridas e adapta uma alternativa mais potente. O Toyota C-HR é um caso de sucesso. O pequeno SUV japonês foi desenhado na Europa, para europeus, e apesar de exibir uma estética rebuscada, cheia de curvas e vincos, a verdade é que o conjunto é agradável. Mas a concorrência aperta pelo que o construtor japonês sentiu necessidade de modernizar a oferta e reforçar argumentos. O renovado C-HR evidencia algumas diferenças face ao pequeno SUV que ainda está no mercado, com para-choques novos à frente e atrás, novos faróis LED à frente que fazem conjunto com uma grelha mais generosa e uns faróis de nevoeiro deslocados para a extremidade da carroçaria, para fazê-lo parecer mais largo. Atrás, os extratores de ar são maiores, com elementos cromados (só na versão 2.0) para torná-los mais evidentes, sendo que os farolins LED surgem agora ligados por um elemento transversal na tonalidade preto piano.

.

. O que mudou por dentro?

Uma vez a bordo, é fácil notar a presença de melhores materiais no tablier e painéis das portas anteriores, nas versões mais refinadas, nomeadamente Exclusive, Exclusive + Pack Luxury, Lounge e Premier Edition. “A posição ao volante é correta, com boa visibilidade para o exterior, fruto do seu estatuto de SUV, com o condutor a ter agora à sua frente um painel de instrumentos com um ecrã com 4,2” entre os dois mostradores redondos. É através deste display que a Toyota passa a informar da percentagem do tempo em que o veículo circula em modo eléctrico que é sempre maior do que o que se poderia pensar, além do consumo, autonomia, estado da bateria e indicações relacionadas com o sistema de navegação.

.

. Duas baterias para dois motores

Até aqui, o C-HR era proposto no nosso país com uma versão mais barata (Active por 24.250€) com motor 1.2 Turbo a gasolina de 116 cv, para acima deste oferecer o 1.8 Hybrid com 122 cv, à venda por 28.850€ na versão Comfort e 35.650€ na Lounge. Como o SUV equipado exclusivamente com motor a combustão não atraía mais do que 5% dos clientes, a Salvador Caetano retirou-o do catálogo, passando a oferecer dois híbridos, o já conhecido 1.8 com 122 cv e o novo 2.0 com 184 cv.

.

E aí, gostou dessa novidade?! Conte aí nos comentários! Peças e acessórios seminovos com garantia de procedência para o seu veículo Toyota, você encontra aqui. Reuse.

#bhpecastoyota #toyotabh #sucata #pecasseminovas #curiosidades #carros #Toyota