• BH Peças Toyota

O que é e para que serve um airbag?


O airbag é uma bolsa de ar desenvolvida para ser um dispositivo de segurança do veículo. Após um forte impacto, ocorre a explosão de um composto químico que infla rapidamente o material, cujo objetivo é evitar que a pessoa se choque contra partes do automóvel, de modo a evitar danos físicos graves e, muitas vezes, salvar vidas. É importante ressaltar que o airbag foi desenvolvido para ser acionado apenas no caso de impactos fortes envolvendo o veículo. No caso de batidas mais leves, o cinto de segurança é capaz de conter a projeção dos ocupantes do carro e evitar que eles sofram ferimentos sérios.


Principais componentes do sistema de airbag


De modo geral, o airbag é um dispositivo que se constitui por uma série de elementos importantes. Dentre outros, destacam-se os seguintes sistemas:

Sensores de impacto: posicionados estrategicamente em diferentes partes da carroceria, os sensores de impacto enviam um sinal elétrico de colisões para o gerador de gás que, por sua vez, aciona as bolsas de ar.


Unidade de Comando Eletrônico (UCE): equipamento responsável pela leitura de dados, além de determinar o acionamento do airbag e dos pré-tensionadores nas colisões na parte frontal do veículo.


Sensor de ocupação: demonstra à unidade de comando eletrônica que há ocupantes em determinada posição, determinando assim o acionamento do dispositivo.

Gerador de gás: formado por um dispositivo acionador, o gerador de gás, como o próprio nome sugere, gera o gás que inflará os airbags por meio de uma reação química.


Como ele funciona?


O airbag de carro é composto por uma série de partes que formam um sistema único de segurança, sendo os protagonistas as bolsas de ar e o gerador de gás. Por meio de diversos sensores, medem-se pressões sobre a carroceria do veículo ou, eventualmente, sobre os freios especialmente quando são acionados bruscamente. Na prática, com o rápido travamento das rodas e considerando a situação em que os ocupantes estão no interior do veículo, os sensores disparam informações para a Unidade de Comando Eletrônico (UCE) que determina o acionamento dos airbags. No entanto, a UCE também pode travar os cintos de segurança, portas, etc. No caso do acionamento das bolsas de ar, é o gerador de gás o dispositivo responsável por inflar os airbags. Fabricado em material especial, as bolsas de ar se dissipam por diferentes regiões do carro, sendo mais comum na parte frontal. Após o impacto, o equipamento se esvazia através de pequenos furos posicionados lateralmente. Em geral, embora demonstre um procedimento complexo e demorado, toda a dinâmica de acionamento e absorção de impacto dos airbags dura muito menos de um segundo.

.

.

E aí, gostou dessa curiosidade?! Nos conte nos comentários! Aqui na Bh Peças Toyota temos peças e acessórios seminovos com garantia de procedência para o seu veículo Toyota. Reuse economize e cuide do planeta.


#dicasdeblog #bhpecastoyota #toyotabh #sucata #pecasseminovas #curiosidades #carros #cuidados #airbag