• BH Peças Toyota

Alguns hábitos que estragam o carro!


Ser proprietário de um veículo exige uma série de responsabilidades e cuidados para que ele se mantenha funcionando corretamente. Fazer a manutenção preventiva constantemente, por exemplo é uma atitude que pode evitar futuros problemas. Porém, além disso, é preciso ficar atento ao modo que você dirige no dia a dia, pois existem práticas que podem prejudicar o automóvel. Confira abaixo alguns hábitos que estragam o carro, assim é possível identificar os vícios de direção e modificá-los.


Hábitos que estragam o carro


. Esticar a marcha

Esticar a marcha na prática, isso significa manter o veículo em uma marcha menor por um tempo maior do que deveria. Essa ação mantém a rotação maior e faz com que você escute aquele som do motor como se ele estivesse sendo forçado. E na verdade, é exatamente isso que acontece. Além de forçar o motor, essa prática aumenta o consumo de combustível. Portanto, para não ter problemas, é importante utilizar a marcha corretamente. Para isso, troque-a no momento certo, nunca deixando passar do ponto vermelho da luz do painel do sensor de rotações.


. Frear subitamente

Provavelmente você já se deparou com uma situação no trânsito em que precisou frear de forma brusca, certo? Existem momentos que essa é a única alternativa, porém, quando isso se torna um hábito é algo extremamente prejudicial para o veículo. Quem tem o hábito de acelerar demais e pisar no freio somente em cima da hora provoca o desgaste do componente. O ideal é ficar sempre atento ao que está acontecendo à sua frente no trânsito.


. Rodar com os pneus com baixa pressão

Uma das preocupações constantes mais importantes que todo motorista deve ter está relacionado à calibragem dos pneus. Isso porque andar com estes componentes com baixa pressão é um dos hábitos que estragam o carro. São vários os problemas que eles podem causar: maior desgaste na borracha, diminuindo a durabilidade dos pneus, aumento no consumo de combustível, instabilidade, o que compromete a segurança de quem está no veículo e de outras pessoas no trânsito. O ideal é verificar a calibragem semanalmente, pois a perda de pressão acontece de forma natural, com a rodagem constante do carro.


. Deixar o pé na embreagem

Outro hábito comum que pode afetar o funcionamento do veículo é manter o pé na embreagem. Seja para segurar o carro engatado quando ele está parado no trânsito ou simplesmente apoiado enquanto descansa, essa prática pode trazer danos ao componente. Afinal, isso pode forçar o disco, o que implicará em um esforço extra e desnecessário que a marcha fará para transmitir a potência que vai do motor para as rodas. Dessa forma, evite deixar o pé em contato com a embreagem quando não estiver realizando a troca de marcha. Além desse cuidado, é importante verificar o estado do componente. Se por acaso sentir que a embreagem está dura, procure o seu mecânico de confiança.

.

.

E aí, gostou dessas dicas?! Nos conte nos comentários! Peças e acessórios seminovos com garantia de procedência para o seu veículo Toyota, você encontra aqui.


#dicasdeblog #bhpecastoyota #toyotabh #sucata #pecasseminovas #curiosidades #carros #cuidados #habitosqueestragamocarro